SINTESPEMSD – PARTICIPOU DE REUNIÃO COM SECREÁRIO DE EDUCAÇÃO DE SÃO DOMINGOS E EQUIPE DA SECRETARIA


     Na tarde do último dia 23 de junho, diretores do SINTESPEM participaram de reunião com o Secretário de Educação - Regilvan Oliveira e a equipe técnica da secretaria de educação.  A reunião pautou a educação do município, o ano letivo de 2020, o estado de pandemia e a prevenção contra o Coronavírus/Covid19.
Após discussão e argumentações de muitos dos participantes, alguns entendimentos são comuns e o principal é que “não há possibilidade de retorno às aulas presenciais na rede municipal de ensino nesse momento”, visto que o número de pessoas contaminadas e confirmadas na municipalidade continua preocupante. Entende-se também que o município “precisa estudar uma forma de reduzir os prejuízos aos alunos e à comunidade”.


     O Secretário de Educação afirmou que o município já fez uma capacitação com grande parte dos professores da rede municipal de ensino a respeito de ferramentas digitais que estão em uso por educadores e alunos em vários municípios do Maranhão. Falou que a equipe da secretaria está trabalhado formas de assistência educacional aos alunos da rede, segmentada para educação infantil, ensino fundamental I e II e que encaminhará ao SINTESPEM.
 Os diretores da entidade sindical colocaram as dificuldades regionais e locais de se implementar formas diferentes de atividades escolares de ensino nesse período de pandemia, dadas as dificuldades impostas pela necessidade do distanciamento social. Todos tem ciência que já se perdeu muito no ano letivo de 2020 e que dificilmente haverá aulas presenciais no ano em curso.  

   Foi exposta a necessidade de que havendo alguma retomada das aulas, a meta é alcançar   assistência e atendimento a todos os alunos da rede, enfatizado que a discussão deve pautar uma assistência educacional híbrida ou mesclada, visto que somente com atividades remotas tecnológicas o município não atenderá a maioria dos alunos.
Os desafios serão para todos, pais, responsáveis, alunos, professores, gestores, especialistas em educação e profissionais de saúde pública. Atualmente, esses seguimentos discutem um retorno às aulas, fala-se em flexibilizações e em formas alternativas de assistência educacional aos estudantes no ano letivo de 2020. Entre as principais dificuldades nas atividades não presenciais, estão falta de acesso à internet, dificuldade com conteúdo, falta de equipamentos adequados, falta de capacitação e de condições dos pais em acompanharem os filhos nas diferentes formas de aulas não presenciais.
Um estudo do Datafolha, encomendado pela Fundação Lemann, Itaú Social e Futures, com objetivo de fornecer às redes de ensino dados para uma estratégia de oferta de atividades não presenciais aos estudantes durante esse período de pandemia.
De acordo com os dados apresentados no dia 22 de junho - em menos de três meses de pandemia no Brasil, 74% dos estudantes das redes municipais e estaduais estão recebendo algum tipo de atividade para fazer em casa nesse período de pandemia. Entre os alunos do Ensino Fundamental Anos Iniciais, esse número é de 70%, Anos Finais 76% e, no Ensino Médio, corresponde a 86%. No geral, pouco mais de 24% não tivera acesso a nenhum tipo de atividade, representando cerca de quase um 1/4 (quarto) dos estudantes.
No último dia 02 de julho o Sec. de Educação de São Domingos informou que os estudos de como iniciar atividades escolares no município durante a pandemia já foram realizados e que deverão ter início entre os dias (09 a 13) de julho.    A equipe já tem os cronogramas realizados e agora partirão para planejamentos das atividades.







Share on Google Plus

About SINTESPEM Sao Domingos

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário