PF prende prefeito, presidente da Câmara e mais 26 no MS

FRAUDES EM LICITAÇÕES

A Polícia Federal prendeu ontem 28 pessoas em Dourados (Mato Grosso do Sul), por fraude em licitações, corrupção ativa e formação de quadrilha. Entre os presos estão o prefeito da cidade, Ari Valdecir Artuzi (PDT), a mulher dele, Maria Artuzi, quatro secretários municipais e nove vereadores, incluindo o presidente da Câmara, Sidlei Alves da Silva (DEM). A primeira-dama foi detida em Brasília, quando participava de um evento sobre políticas públicas para a mulher.

No total, foram expedidos 29 mandados de prisão temporária - além de 38 pessoas que obrigatoriamente irão prestar depoimento.

Ainda entre os presos, estão: Marcelo Luís Lima Barros (vereador do DEM); Paulo Henrique Amos Ferreira, o "Bambu" (vereador do DEM); Gino José Ferreira (vereador do DEM); José Carlos Cimatti Pereira (vereador do PSB); Júlio Luiz Artuzi, o "Tio Júlio" (vereador do PRB); José Carlos de Souza, o "Zezinho da Farmácia" (vereador do PSDB); Humberto Teixeira Júnior (vereador do PDT); Aurélio Luciano Pimentel Bonatto (vereador do PDT); Ignez Maria Boschetti Medeiros (secretária municipal de Finanças); Tatiane Cristina da Silva Moreno (Administração); Dirson Sá (Obras); Claudio Marcelo Machado Hall (Serviços Urbanos); e Alziro Moreno (advogado geral do Município).

Segundo a PF, as fraudes consistiam no direcionamento de licitações por meio de corrupção de servidores públicos e agentes políticos. Os acordos fechados com as empresas escolhidas ilicitamente rendiam 10% do valor do contrato aos fraudadores. Os valores arrecadados serviam para o pagamento de diversos vereadores de Dourados (da situação e da oposição), para caixa de campanha e compra de bens pessoais do prefeito.

As investigações começaram em maio deste ano e apontaram a participação de secretários municipais, empreiteiros, prestadores de serviços, vereadores e servidores públicos.

Cerca de 200 policiais federais participaram da operação. Os mandados foram expedidos pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul e pela 1ª Vara Criminal de Dourados.

(Estadão Online e Redação do JP)
Share on Google Plus

About SINTESPEM Sao Domingos

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário