Eleitor poderá votar com apenas um documento de identificação

STF acaba com a exigência de dois documentos para votação. Placar do julgamento foi de 8 a 2.

Roberta Gomes/ Imirante

SÃO LUÍS - O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que o eleitor brasileiro poderá apresentar apenas um documento pra votar no próximo domingo, dia 3 de outubro. Por 8 x 2, os ministros do STF foram a favor da medida cautelar ajuizada pelo PT, contra a lei que exigia que o eleitor apresentasse dois documentos na hora da votação, o título de eleitor e um documento de identificação com foto.


O julgamento no STF teve início ontem, com voto da ministra Ellen Gracie, que foi a favor da medida. Quando outros seis ministros já haviam acompanhado o voto da relatora da medida cautelar, o ministro Gilmar Mendes pediu vista do processo. Os ministros tentaram demovê-lo da ideia, mas ele se comprometeu em apresentar seu voto na sessão desta quinta-feira (30).


Hoje, Gilmar Mendes apresentou seu voto e foi contra a medida cautelar, alegando que a lei não é inconstitucional. Apenas o ministro Cézar Peluso, presidente do STF, acompanhou o voto de Gilmar Mendes.
Share on Google Plus

About SINTESPEM Sao Domingos

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário